Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Doenças do Estômago

por Laboratórios Germano de Sousa, em 10.03.15

Teste de Yersinia

 

O estômago é um órgão que integra no tubo digestivo, localizado abaixo do diafragma entre o esófago e o duodeno. É no interior do estômago que se encontram as glândulas gástricas que produzem o suco gástrico, que por sua vez é envolvido na digestão dos alimentos, a fim de seguirem para o intestino delgado, onde são absorvidos.

Os alimentos contêm na sua composição água, hidratos de carbono, proteínas e gorduras. Estas substâncias têm de ser decompostas em pequenas partículas, passíveis de serem absorvidas pelo intestino. Um em cada três indivíduos desenvolve ocasionalmente sintomas que apontam para disfunções ou doenças a nível do estômago e dos intestinos. Na persistência dos sintomas, a medicina laboratorial desempenha um importante papel, na medida em que os testes explicam, muitas vezes cabalmente esses sintomas.

O grande número de bactérias que entra no corpo humano através dos alimentos torna-se inofensivo durante o processo digestivo. No entanto, se estas sobreviverem no organismo podem originar lesões e doenças, como é o caso da bactéria Yersinia Enterocolítica. Esta é uma enterobactéria, causadora de infeções no estômago e também nos intestinos, geralmente adquirida após ingestão de leite não pasteurizado, água não tratada, carne de porco contaminada, crua ou mal cozida. A infecção pela bactéria Yersinia acompanha-se habitualmente por dor abdominal no lado direito, diarreia e febre. Caso a infeção persista e não seja tratada atempadamente conduz a sérias complicações.

O diagnóstico passa assim pelo recurso à medicina laboratorial através do teste de anticorpos. O corpo humano cria anticorpos específicos contra as bactérias, os quais constituem o indicador para a infecção por Yersinia.

A deteção do microrganismo pode ser feita a partir da cultura das fezes, urina, bílis. O diagnóstico serológico é possível através de testes de aglutinação ou imunoensaios que permitem a detecção de anticorpos específicos contra a Yersinia, produzidos pelo organismo como defesa imunitária contra a bactéria.

O resultado do teste em combinação com os sintomas são a base para o diagnóstico de infeção por Yersinia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:25



Número Verde

800 209 498


Traduzir


Médico Responsável:Dr. José Germano de Sousa

germano Nasceu em Lisboa em 1972. É Médico pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa desde 1997. Fez os seus Internatos no Hospital dos Capuchos (Internato Geral) e no Hospital Fernando Fonseca (Internato da Especialidade). É especialista em Patologia Clínica pela Ordem dos Médicos desde 2001 e é atualmente Assistente Graduado de Patologia Clínica do Serviço Patologia Clínica do Hospital Fernando Fonseca (Amadora Sintra) onde é o chefe da secção de Biologia Molecular Possui uma pós Graduação em Gestão de Unidades de Saúde pela Universidade Católica Portuguesa. Foi Assistente de Patologia Geral e de Semiótica Laboratorial nos Cursos de Técnicos de Análises Clínicas e Curso de Médicos Dentistas do Instituto Egas Moniz.Exerce desde 2001 a sua atividade privada, sendo desde Julho de 2004 responsável pela gestão dos Laboratórios Cuf e Clínicas Cuf para a área de Patologia Clínica. Tem várias comunicações e publicações sobre assuntos da sua especialidade


Envie a sua questão

laboratoriosgermanodesousa@sapo.pt

Contactos Laboratório Central

Site:
www.germanodesousa.com

Morada:
Pólo Tecnológico de Lisboa
Rua Cupertino de Miranda, 9 - lote 8
1600-513 Lisboa, Portugal

Marcações:
Tel.: 212 693 530 /531 /532 /533
Email: contact@cm-lab.com

Horário de Funcionamento:
Dias úteis 7h30 às 20h00
Sábados 8h00 às 14h00

Horário de Colheita:
Dias úteis 7h30 - 20h00
Sábados 8h00 às 14h00