Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Dia Mundial do Cancro: A ONCOLOGIA DE PRECISÃO

por Laboratórios Germano de Sousa, em 06.02.20

0.jpg

O número de casos de cancro tem vindo aumentar, mas são cada vez mais os casos de sucesso. Mais de 400 000 portugueses já sobreviveram à doença. Os avanços na área da medicina de precisão, focada em encontrar o tratamento certo para cada doente, têm contribuído para que todos os anos o diagnóstico e tratamento do cancro apresentem significativos avanços.

É através dos testes genómicos que se identificam as alterações genéticas que desencadeiam a doença. Obtendo o máximo de informação sobre a genética do individuo e do tumor, podemos otimizar o seu diagnóstico e tratamento individualizado.

O Grupo Germano de Sousa tem especialistas em oncogénica, sendo o parceiro do seu médico para o diagnóstico e tratamento através da Ophiomics que aposta em oferecer ao médico apoio para a implementação de uma medicina de precisão, que lhe permita trabalhar com os seus utentes na escolha de estilos de vida adequados ao seu património genético, definir estratégias de deteção precoce da doença, implementar terapêuticas personalizadas e acompanhar a resposta terapêutica.

Na Ophiomics do Grupo Germano de Sousa a nossa experiência Genómica, Bioinformática e Médica, em conjunto com a nossa infraestrutura tecnológica, permite-nos oferecer mais e melhor informação ao médico, em tempo útil para a decisão clínica. Atuamos na área das doenças crónicas, incluindo a doença oncológica, oferecendo testes baseados na sequenciação de ADN, extraído a partir do sangue no contexto de sequenciação de genes e painéis de genes enquadrados em estudos de suscetibilidade, deteção precoce e estudos de resposta terapêutica, e a partir de biópsias de tumores sólidos (frescos/parafina) nos testes de farmacogenómica.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:37


HPV e Cancro do Colo do Útero

por Laboratórios Germano de Sousa, em 22.01.14

HPV e Cancro do Colo do Útero – Sintomas e Tipologias de Rastreio

 

O Vírus do Papiloma Humano (HPV)é um vírus que infeta as células da pele ou mucosas e possui mais de 200 serotipos diferentes. A maioria dos subtipos está associada a lesões benignas, mas certos tipos são frequentemente encontrados em determinadas neoplasias de carácter maligno. O cancro do colo do útero é a consequência mais grave da infeção pelo HPV.

É já considerado um dos cancros mais frequentes na população feminina e o HPV é a sua principal causa, visto que o vírus está presente em 99,7% dos cancros do colo do útero.

O HPV é a doença sexualmente transmissível (DST) mais frequente, infetando principalmente as áreas genitais femininas e masculinas, mas também qualquer outra região do corpo.

No que concerne aos sinais e sintomas mais frequentes do HPV, a formação de verrugas é a manifestação mais característica e frequente. As verrugas são lesões hiperproliferativas benignas também designadas por papilomas. O Condiloma acuminado ou verruga genital é uma DST. Existem mais de 30 variantes de HPV que infetam a região genital, embora os tipos 6 e 11 sejam os principais responsáveis por cerca de 90% dos casos, podendo causar verrugas na vulva e ânus.

 

Como rastreio do HPV foram desenvolvidas técnicas de biologia molecular em laboratório, como o teste de captura híbrida e os testes de genotipagem emRNA E6/E7, que permitem a deteção de DNA viral em fragmentos de biópsia ou escovado cervical, e possuem ainda elevada especificidade e sensibilidade. Em relação ao teste de captura híbrida, o mesmo permite fazer o despiste inicial dos genótipos de alto risco (habitualmente em paralelo com citologia se a idade for superior a 30 anos) tendo uma sensibilidade clínica de 94%. O teste de genotipagem permite um caraterização individual dos genótipos, estando o teste do mRNA E6/E7 reservado para a detecção da persistência e replicação do DNA Viral, enquanto marcador da instabilidade cromossómica e marcador de transformação oncogénica.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:08


Número Verde

800 209 498


Traduzir


Médico Responsável:Dr. José Germano de Sousa

germano Nasceu em Lisboa em 1972. É Médico pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa desde 1997. Fez os seus Internatos no Hospital dos Capuchos (Internato Geral) e no Hospital Fernando Fonseca (Internato da Especialidade). É especialista em Patologia Clínica pela Ordem dos Médicos desde 2001 e é atualmente Assistente Graduado de Patologia Clínica do Serviço Patologia Clínica do Hospital Fernando Fonseca (Amadora Sintra) onde é o chefe da secção de Biologia Molecular Possui uma pós Graduação em Gestão de Unidades de Saúde pela Universidade Católica Portuguesa. Foi Assistente de Patologia Geral e de Semiótica Laboratorial nos Cursos de Técnicos de Análises Clínicas e Curso de Médicos Dentistas do Instituto Egas Moniz.Exerce desde 2001 a sua atividade privada, sendo desde Julho de 2004 responsável pela gestão dos Laboratórios Cuf e Clínicas Cuf para a área de Patologia Clínica. Tem várias comunicações e publicações sobre assuntos da sua especialidade


Envie a sua questão

laboratoriosgermanodesousa@sapo.pt

Contactos Laboratório Central

Site:
www.germanodesousa.com

Morada:
Pólo Tecnológico de Lisboa
Rua Cupertino de Miranda, 9 - lote 8
1600-513 Lisboa, Portugal

Marcações:
Tel.: 212 693 530 /531 /532 /533
Email: contact@cm-lab.com

Horário de Funcionamento:
Dias úteis 7h30 às 20h00
Sábados 8h00 às 14h00

Horário de Colheita:
Dias úteis 7h30 - 20h00
Sábados 8h00 às 14h00


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.